ENTRE NESTE NOVO MUNDO

25 DE DEZEMBRO

TEXTOS NATALINOS

FELIZ NATAL
Enviado: Luiz, Beth & filho

COCHICHO DO VENTO
Autora: Jair Martins

NOITE DE NATAL
Autor: Osmar Ludovico da Silva
Enviado por Altamiro/Marina

ORAÇÃO DE NATAL 2006
Autor: Hugo Hamann
Enviado por F.Irene

NOITE DESSAS PENSEI EM VOCÊ
Autora: Alice C. Golfeto

EU TENHO APRENDIDO
Autor: Marcial Salaverry
Enviado por: Luz Sampaio

NATAL DO AMOR
Autor: Luciano Marchese Filho

FELIZ NATAL
Autor: José Maria Guilherme
Enviado por: Lena Viola

BOAS FESTAS
Enviado por: Tere

PORQUE AMANHÃ É NATAL...
Enviado por: Marialba Teixeira

BOM DEZEMBRO
Enviado por: Ernesto Porto Fernandes

O ESPÍRITO DO NATAL
Autor: Paulo Roberto Gaefke
Enviado por Medeiros Costa

HAPPY XMAS
Autor: John Lennon
Enviado por: Abigail Tenório

PERUS
Autor: Alsan

FELIZ NATAL, MEU AMIGO
Autor: Paulo Rozzini

CARTA DAS MULHERES AO PAPAI NOEL
Autor: Não Mencionado
Enviado por: Marília Bellizzi

MENSAGEM DE NATAL
Autora: Regina Bertoccelli

A DOÇURA DO NATAL
Autora: Auta de Souza
Enviado por: Mira Scopeta


FELIZ NATAL

Desejo a todos meus amigos,
Um Natal repleto de Felicidades, de Amor e Paz.

Que todos nós tenhamos a consciência que o rancor, o ódio, e outros sentimentos mesquinhos a nada levam, apenas corrompem nossa alma.

Que tenhamos a Paz de Espírito para o discernimento correto de que estamos fazendo aquilo que é justo e correto para nós e nossos semelhantes.

Que tenhamos o prazer de ser útil a alguém.
E que o novíssimo ano 2007, seja um ano de muitas transformações e realizações para todos, não só no campo material, mas principalmente em nossa alma, em nosso "EU" interior.

Desejo que todos tenham o que for justo,
belo, sereno e louvável ao olhos do criador.

Que neste Natal os Anjos desçam do céu e iluminem o seu sorriso para que ele se torne tão sincero quanto o sorriso de uma criança.

E que você transmita a Paz e o Amor a todos àqueles que se aproximarem de você.

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!!!

Enviado: Luiz, Beth & filho


COCHICHO DO VENTO

O vento me contou que o frio não é preocupação do peixe, mas o congelamento é sim a preocupação do peixe.
Frio e calor são preocupações do homem.
As labaredas e o congelamento são preocupações de todo ser vivente porque todos se consomem ante o máximo e o mínimo.
O meio é o ideal.
O vento me contou que todo o meio é conciliador para o sim e para o não e que as metades se abraçam pela reciprocidade da falta.
Me contou também que refazer um caminho é pisar duas vezes os cristais de areia que livres
estariam se você não tivesse que voltar.
Que todo caminho é passagem, mas
nem toda trilha é caminho.
Que atalhos é medo do esforço e sem ele não há condição para os resgates.
O vento me contou que cada equação que a vida nos dá para resolver é sinônimo de sabedoria.
O vento me pediu: - Confesse a vida a sua força e a pratique no momento certo e ela se aliará a você.
Passe na vida e não deixe que a vida passe por você.
Nestas festividades de final de ano o nosso desejo é que ela sempre se repita com você nas muitas alegrias, nas felizes concretizações, nas
renovações de alianças benignas, com o uso do amor para com o seu igual, o seu próximo.
Mas principalmente repita você, sem a emoção só das festas, porém com sadios propósitos para que o seu sucesso fale da capacidade
que existe na sua bagagem nesta perigrinação e que muito você pode fazer por você e através de você.
Não falte com você mesmo.
Esta atitude é anulação.
Como podes responder presente a vida se não te apresentas?
O Natal de Jesus Cristo de Nazaré aconteceu para que o nosso natal (o seu e o meu nascimento) seja um grito de liberdade nesta dimensão de grandes cercas.
Jesus nasceu!
E com ele a nossa formatação da dignidade. Com esse pensamento eu lhe asseguro um Feliz Natal 2006!
E muito louvor de vitórias em 2007.
Jesus Cristo de Nazaré muito lhe abençoe extensivo a sua família.
Um grande abraço.

Autora: Jair Martins


NOITE DE NATAL

Minha alma te busca intensamente, oh Senhor,
no entanto, se distrai e divaga no meio de
tantas luzes, tantas comidas, tantos presentes.

Meu coração te louva, oh Filho de Deus,
no entanto, se dispersa e se excita no meio de tanta música, tantos cartões, tantos telefonemas.

Meu corpo quer espairecer e relaxar diante da manjedoura, no entanto, se agita e se estressa no meio de tantas urgências e correrias de última hora.

Meu ser te busca, quer a tua presença e a tua intimidade, no entanto, te encontro para te perder.

Diante de ti minha lógica racional humana se desvanece, quanto mais perto de ti, mais longe de ti, quanto mais te conheço, mas te percebo como mistério insondável.
E assim vivo na saudade de ti.

O Natal se aproxima e te sinto tão distante,
Não te encontro na vitrines decoradas ou na cidade iluminada, muito menos nas correrias e nas urgências, para não falar do trânsito lento e irritante, das tantas contas para pagar, da saudade dos queridos e de tantos outros compromissos.

Tu não pareces estar tampouco no rosto sujo da criança que me pára no sinal de trânsito,
nos mendigos tomando cachaça na praça,
nos meus sentimentos de culpa e impotência face a tanta injustiça.

O Natal se aproxima e minha alma te busca intensamente, oh Senhor, meu coração te louva e meu corpo quer espairecer e relaxar diante da manjedoura.

Num estábulo, Tu és recém nascido, paradoxalmente Deus frágil nesta noite de Natal quando Tu te mostras gentilmente, simplesmente plenitude de Deus, Emanuel, Deus conosco, tão próximo de nós.

Tu és o Deus encarnado, no tempo do Natal, no espaço da manjedoura. Já é meia noite, estou com minha família, fogos espoucam no ar.

Há dois milênios anos atrás Tu nascias, Tu entravas na história humana, cheio de graça como unigênito do Pai.

Natal...
Tu te revelas como por uma pequena fresta, e esta tênue lâmina de luz já basta para me aquecer e me iluminar. Ah, não te busco, já não me distraio, nem divago. Tampouco me agito ou me estresso. Já não te espero, já não te louvo, simplesmente sou, simplesmente estou quieto e sereno diante do mistério da tua encarnação.
Et incarnatus est de Spiritu Sancto ex Maria Virgine et homo factus.

Autor: Osmar Ludovico da Silva
Enviado por Altamiro/Marina


ORAÇÃO DE NATAL 2006

Pelo projeto político do deputado Clodovil
Pelo "espetáculo do crescimento" que até hoje ninguém viu
Pelas explicações sucintas do ministro Gilberto Gil
Senhor, tende piedade de nós

Pelo jeitinho brejeiro da nossa juíza
Pelo perigo constante quando Lula improvisa
Pelas toneladas de botox da Dona Marisa
Senhor, tende piedade de nós

Pelo Marcos Valério e o Banco Rural
Pela casa de praia do Sérgio Cabral
Pelo dia em que Lula usará o plural
Senhor, tende piedade de nós

Pelo nosso Delúbio e Valdomiro Diniz
Pelo "nunca antes nesse país"
Pelo povo brasileiro que acabou pedindo bis
Senhor, tende piedade de nós

Pela Cicarelli na praia namorando sem vergonha
Pela Dilma Rousseff sempre tão risonha
Pelo Gabeira que jurou que não fuma mais maconha
Senhor, tende piedade de nós

Pela importante missão do astronauta brasileiro
Pelos tempos que Lorenzetti era só marca de chuveiro
Pelo Freud que "não explica" a origem do dinheiro
Senhor, tende piedade de nós

Pelo casal Garotinho e sua cria
Pelos pijamas de seda do "nosso guia"
Pela desculpa de que "o presidente não sabia"
Senhor, tende piedade de nós

Pela jogada milionária do Lulinha com a Telemar
Pelo espírito pacato e conciliador do Itamar
Pelo dia em que finalmente Dona Marisa vai falar
Senhor, tende piedade de nós

Pela "queima do arquivo" Celso Daniel
Pela compra do dossiê no quarto de hotel
Pelos "hermanos compañeros" Evo, Chaves e Fidel
Senhor, tende piedade de nós

Pelas opiniões do prefeito César Maia
Pela turma de Ribeirão que caía na gandaia
Pela primeira dama catando conchinha na praia
Senhor, tende piedade de nós

Pelo escândalo na compra de ambulâncias da Planam
Pelos aplausos "roubados" do Kofi Annan
Pelo lindo amor do "sapo barbudo" por sua "rã"
Senhor, tende piedade de nós

Pela Heloisa Helena nua em pêlo
Pela Jandira Feghali e seu cabelo
Pelo charme irresistível do Aldo Rebelo
Senhor, tende piedade de nós

Pela greve de fome que engordou o Garotinho
Pela Denise Frossard de colar e terninho
Pelas aulas de subtração do professor Luizinho
Senhor, tende piedade de nós

Pela volta triunfal do "caçador de marajás"
Pelo Duda Mendonça e os paraísos fiscais
Pelo Galvão Bueno que ninguém agüenta mais
Senhor, tende piedade de nós

Pela eterna farra dos nossos banqueiros
Pela quebra do sigilo do pobre caseiro
Pelo Jader Barbalho que virou "conselheiro"
Senhor, tende piedade de nós

Pela máfia dos "vampiros" e "sanguessugas"
Pelas malas de dinheiro do Suassuna
Pelo Lula na praia com sua sunga
Senhor, tende piedade de nós

Pelos "meninos aloprados" envolvidos na lambança
Pelo plenário do Congresso que virou pista de dança
Pelo compadre Okamotto que empresta sem cobrança
Senhor, tende piedade de nós

Pela família Maluf e suas contas secretas
Pelo dólar na cueca e pela máfia da Loteca
Pela mãe do presidente que nasceu analfabeta

Senhor, tende piedade de nós

Pela invejável cultura da Adriana Galisteu
Pelo "picolé de xuxu" que esquentou e derreteu
Pela infinita bondade do comandante Zé Dirceu
Senhor, tende piedade de nós

Pela eterna desculpa da "herança maldita"
Pelo "chefe" abusar da birita
Pelo novo penteado da companheira Benedita
Senhor, tende piedade de nós

Pela refinaria brasileira que hoje é boliviana
Pelo "compañero" Evo Morales que nos deu uma banana
Pela mulher do presidente que virou italiana
Senhor, tende piedade de nós

Pelo MST e pela volta da Sudene
Pelo filho do prefeito e pelo neto do ACM
Pelo político brasileiro que coloca a mão na "m"

Senhor, tende piedade de nós

Pelo Ali Babá e sua quadrilha
Pelo Gushiken e sua cartilha
Pelo Zé Sarney e sua filha
Senhor, tende piedade de nós

Pelas balas perdidas na Linha Amarela
Pela conta bancária do bispo Crivella
Pela cafetina de Brasília e sua clientela
Senhor, tende piedade de nós

Pelo crescimento do PIB igual do Haití
Pelo Doutor Enéas e pela senhorita Suely
Pela décima plástica da Marta Suplicy
Senhor, tende piedade de nós

Por fim
Para que possamos festejar juntos os próximos natais
Senhor, dai-nos a paz

Autor: Hugo Hamann
Enviado por F.Irene


NOITE DESSAS PENSEI EM VOCÊ

Tanto pensei que logo senti vontade de dar-lhe um presente;
não um só, mas vários.
Achei, porém, que teria que ser alguma coisa que você gostasse ou que você poderia usar em todos os lugares.
Assim foi que, no dia seguinte, levantei-me mais cedo e fui para cidade encontrar tudo que imaginei.

Comprei sol, chuva, vento, sorriso e apenas 50 gramas de lágrimas, não tinha mais, o balconista disse-me que estava tendo muita saída, pois os clientes compram muito. Comprei um pacote de razão para você misturar com sorriso. Comprei sinceridade para você usar. Lá na loja, vi um vidro enorme de compreensão, como o balconista disse que não estava tendo muita saída resolvi comprar tudo. Comprei também dois vidros de romantismo e gentileza para você usar com as pessoas queridas.

Sabe Amigo, lá na loja havia um grande vidro de orgulho, mas não comprei, porque sei que você não usa.
Comprei pequenos pacotes de Amor e Paz, juntamente com esperança para você usar quando tudo parecer perdido.
Amigo, lá na loja havia gente muito triste, vi muitas pessoas comprando solidão, chegou mesmo a faltar, tal era a saída deste produto.
Comprei ainda outros pequenos pacotes contendo amizade e companheirismo.

Finalmente comprei um grande CORAÇÃO para que você possa guardar todos os seus presentes.

Fim de Ano! Clima de festa, descontração e alegria.
Que o símbolo do Natal possa preencher de muitas realizações o tempo que virá...

Autora: Alice C. Golfeto


EU TENHO APRENDIDO

Eu tenho aprendido que devemos ouvir mais e falar menos...
E pensar antes de falar...
Que o perdão é melhor do que a vingança...
Faz um bem para a alma...
Que por favor e muito obrigado nada custam e muito trazem...
Usemo-los adequadamente...
Que a humildade é mais forte que a soberba...
É o lema de escutar para melhor aprender... humildade, é também saber ouvir... ninguém é dono da verdade...
Que orgulho nada nos traz de bom...
De que vale o orgulho? O fim sempre será o mesmo...
Que preconceitos impedem que vejamos a alma das pessoas...
E muitas vezes é muito mais linda do que o aspecto exterior...
Que devemos respeitar para sermos respeitados...
Seu direito termina onde começa o meu, e o meu, onde começa o seu...
Que tudo na vida tem um limite... inclusive a própria vida...
Quando ela acaba, tudo termina... Saibamos vivê-la com amizade e em paz...
Que a paciência é uma excelente virtude...
Impede-nos de fazer besteiras...
Que boas amizades devem ser mantidas...
Antes mesmo de pensar em novas...
Que devemos viver a vida, enquanto vivos estivermos...
Depois, será tarde demais...
Que não devemos fazer nada que possa prejudicar outrem...
Mesmo porque muitas vezes o feitiço vira contra o feiticeiro...
Que a vida é um bem muito precioso... e devemos respeitar o direito à vida alheia, como queremos que o nosso seja respeitado...
A vida, como os direitos, tem seus limites... Saibamos observá-los...
Enfim, que a coisa mais importante é VIVER E DEIXAR VIVER...
Que cada qual tenha o direito de usar seu livre arbítrio, mesmo que não estejamos de acordo...
Afinal, de quem é a vida?
Esperando que cada qual pense e analise à sua maneira, e utiize, se lhe for conveniente...
Um lindo dia, um maravilhoso Natal, e um Ano Novo pleno de felicidade... é o que lhe deseja este escritor teimoso que ainda pensa em paz e amizade...
(Inspirado no texto de mesmo nome de autoria de William Shakespeare)

Autor: Marcial Salaverry
Enviado por: Luz Sampaio


"NATAL DO AMOR"

Natal é a presença de Jesus em nossos corações,
Não só representa a fé, mas a vida,
O nascimento do Filho de Deus!
A consciência de família, amor, paz, felicidade!

Que o sentido do Natal esteja sempre presente em nosso dia a dia
e que a esperança seja um objetivo concretizado!

Que a luz do Menino Jesus percorra cada lar trazendo alegria aos nossos corações!

Que a Fraternidade Universal seja nossa meta e que haja somente amor em meio a tempos difíceis,
assim encontraremos a Paz tão almejada!

O Natal do Amor é a fé e a esperança
renascida nos olhos de uma Criança!

"FELIZ NATAL"

Que o Natal de vocês todos seja de muita paz, alegria e harmonia, e no Ano Novo que vai nascer, Jesus continue abençoando o lar e a vida de cada um.

Autor: Luciano Marchese Filho


FELIZ NATAL...

Feliz Natal
Pra vocês, amigos,
Que fizeram do sol seu guia,
De cada manhã um lindo dia
De cada noite uma canção!

Feliz Natal
Pra vocês, que fizeram da Estrela D`alva
Seus caminhos:
Deram comida aos passarinhos
E repartiram com o homem seu pão!

Feliz Natal
Pra vocês, que tiveram um gesto amigo:
Um papo, um alento e deram abrigo
E estenderam suas mãos!

Feliz Natal
Pra vocês, que fizeram da dor a esperança;
Que fizeram sorrir uma criança
E que amaram de coração!

Feliz Natal
Pra vocês, que viveram a pobreza a fundo
Nas manjedouras do mundo
E não deixaram o tempo ir em vão!

Feliz Natal
Pra vocês, que são amigos, e pra vocês,
que ao inimigo presentearam com
Seu perdão!

Feliz Natal
Pra vocês, amigos que sentem!

Pra vocês, amigos que são gente!

Autor: José Maria Guilherme
Enviado por: Lena Viola


BOAS FESTAS

Como eu gostaria de abraçar um a um todos meus
"Velhos Amigos" para desejar-lhes Boas Festas:

- a você que está triste e sem um abraço amigo;
- a você que está estressado só em pensar que não pode
comprar uma lembrancinha para alguém que ama muito;
- a você que está solitário sem um convite para participar das comemorações de Fim de Ano;
- a você que está doente em um leito de hospital, geriatria ou até mesmo em casa;
- a você que é tão incrédulo com essas festas;
- a você que sente um amor perdido;
- a você que chora, ama, sofre e que perdoa;
- a você que crê no melhor;
- a você que é tão otimista no decorrer das desilusões da vida;
- a você que não vê o Natal como uma festa consumista
e cheia de ansiedade, mas sim uma festa que se procura a verdade, onde o mundo vive unido a Cristo e onde as pessoas amam uns aos outros;
- a você que acredita na vida eterna;
- a você que silencia quando todos balbuciam contra seu semelhante;
- a você que tem sede de luz diante dos conflitos da alma;
- a você que acredita que o nascimento de Jesus é uma festa santa, alegre e saudável;
- a você que está radiante com a entrada de 2007;
-
A LOU seus familiares e a todos os Velhos Amigos um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo com muito AMOR, SAÚDE, CARINHO, PAZ ALEGRIA , PROGRESSO e REALIZAÇÕES.

"Confia no Senhor de todo o coração e não te apóies no teu próprio entendimento" Provérbios:3,5
Deus sem você é Deus. Você sem Deus não é nada. Se choras por ter perdido o sol, as lágrimas te impedirão de ver as estrelas e um 2007 bem melhor.

Um abraço, Tere.

Enviado por: Tere


PORQUE AMANHÃ É NATAL...

Amanhã é Natal. Lembremo-nos do aniversariante mais ilustre de que a Terra teve noticias...
Arrebentemos os laços de discórdia que por ventura haja entre os familiares e amigos e abracemo-nos com ternura.
E, porque amanhã e Natal... mostremos ao aniversariante que a sua vinda à terra não foi em vão...
Roguemos que nos perdoe por tê-lo crucificado... E deixemos que Ele nos abrace e nos aconchegue junto ao seu coração magnânimo...
Porque, amanhã, é Natal...
(autor não mencionado)

Feliz Natal para todos nós.

Enviado por: Marialba Teixeira


BOM DEZEMBRO!!!

Os dezembros possuem um aroma almiscarado de saudade com esperança.
Dezembro é a encruzilhada, princípio e fim ao mesmo tempo, o ano corrente se despede enquanto o ano novo vem venturoso e repleto de possibilidades.
Dezembro é sempre mágico, é o encontro ímpar de passado e futuro, é a hora da reflexão e dos desejos, de enxugar as lágrimas do que não volta mais, e do sorriso de expectativa.
Dezembro é Natal, é beleza, é o momento da redenção, da Fé, do perdão, de lembrar dos esquecidos, dos desesperados, de enxergar além do próprio umbigo.
Dezembro é o mês de sermos mais humanos e estarmos mais sensíveis.
Dezembro é exceção, mas deveria ser rotina, é exemplo e deveria ser seguido.
Dezembro é o mês em que nos tornamos melhores, seja para compensarmos o que não fomos o ano todo, seja para começarmos a mudar para o ano que chega.
Dezembro é festa. Reveillon, pedidos escritos a lápis em papéis virgens e raramente lembrados depois, flores jogadas ao mar com refluxo ansiosamente aguardado e, crenças repentinas e fugazes que geralmente se dissipam com a fumaça dos fogos.
É promessa de mudança, é chama acesa!
É tempo de saudade dos que não estão mais conosco e abrilhantavam nossos dias ou mesmo eram a razão principal deles.
É hora de repensar os erros e não mais cometê-los, é o momento de repassar os acertos e aprimorá-los.

Dezembro é o prelúdio do futuro, é a chave do recomeço, é a estação final do passado, a conexão com o futuro, o momento de arquivar o que passou de forma que possa ser facilmente consultado depois.
Dezembro é extremo, é decisivo, é palco de todas as recordações, é mais um álbum que se fecha.
Dezembro é quando eu me lembro mais da minha impermanência e de que sou só um grão de areia oscilando ao sabor das dunas intermitentes do destino que nunca cansam de se modificar.
Dezembro ainda é um ótimo mês para nascer...!!!

BOM DEZEMBRO PARA VOCÊ!

Enviado por: Ernesto Porto Fernandes


O ESPÍRITO DO NATAL

Deixa eu ver se o espírito do Natal
já está na sua casa.
Não, não quero
ver a árvore iluminada na sala,
nem quero saber quanto você já
gastou em presentes.

Quero sim,
sentir no ambiente a mensagem viva do
aniversariante desse Dezembro mágico:
toda a família está unida?
O perdão já eliminou aquelas desavenças
que ocorrem no calor das nossas vidas?

Não quero ver a sua despensa cheia,
quero saber se você conseguiu doar
alguma coisa do que lhe sobra,
para quem tem tão pouco,
às vezes nada.

Não exiba os presentes que você já comprou,
mesmo com sacrifício,
quero ver aí dentro de você a preocupação
com aqueles que esperam tão pouco,
uma visita, um telefonema, uma carta,
um e-mail...

Quero ver o espírito do Natal entre pais que
descobrem tempo para os filhos,
em amigos que se reencontram e podem parar
para conversar,
no respeito do celular desligado no teatro,
na gentileza de quem oferece o banco
para o mais idoso,
na paciência com os doentes,
na mão que apóia o deficiente visual na
travessia das ruas,
no ombro amigo que se oferece para
quem anda meio triste,
perdido.

Quero ver o espírito de Natal invadindo as ruas,
respeitando os animais,
a natureza que implora por cuidados tão simples,
como não jogar o papel no chão,
nem o lixo nos rios.
Não quero ver o Natal nas vitrines enfeitadas,
no convite ao consumo,
mas no enfeite que a bondade faz no
rosto das pessoas generosas.

Por fim, mostre-me que o espírito do Natal
entrou definitivamente na sua vida,
através do abraço fraterno, da oração sentida,
do prazer de andar sem drogas e sem bebidas,
do riso franco,
do desejo sincero de ser feliz e de tão feliz,
não resistir ao desejo de fazer outras pessoas,
também felizes.

Deixe o Natal invadir a sua alma,
entre os perfumes da cozinha que vai se
encher de comidas deliciosas,
no cheiro da roupa nova que todos vão exibir,
abrace-se à sua família e façam alguns
minutos de silêncio,
que será como uma oração do coração,
que vai subir aos céus,
e retornar com um presente eterno,
duradouro:
o suave perfume de Jesus, perfume de paz,
amor,
harmonia e a eterna esperança de que um dia,
todos os dias serão como os dias de Natal.

Feliz Natal para você e para os seus!

Autor: Paulo Roberto Gaefke
Enviado por Medeiros Costa


Happy Xmas (War Is Over)
Feliz Natal (A Guerra Acabou)

So this is christmas and what have you done?
Então é natal e o que você tem feito?
Another year over, a new one just begun.
Um outro ano se foi e um novo apenas começa

And so this is christmas, i hope you have fun,
E então é natal, espero que tenhas alegria
The near and the dear one, the old and the young.
O próximo e querido, o velho e o jovem

A very merry christmas and a happy new year,
Um alegre Natal e um feliz ano novo
Let's hope it's a good one without any fear.
Vamos esperar que seja um bom ano sem sofrimento

And so this is christmas for weak and for strong,
E então é natal para o fraco e para o forte
For the rich and the poor ones, the road is so long.
Para o rico e para o pobre o mundo é tão errado

And so happy christmas for black and for whites,
E então feliz natal para o negro e para o branco
For the yellow and red ones, let's stop all the fight.
Para o amarelo e para o vermelho, vamos parar com todas as lutas

A very merry christmas and a happy new year,
Um alegre Natal e um feliz ano Novo
Let's hope it's a good one without any fear.
Vamos esperar que seja um bom ano sem sofrimento
And so this is christmas and what have we done?
E então é Natal e o que você fez?
Another year over, a new one just begun.
Um outro ano se foi e um novo apenas começa

And so this is christmas, we hope you have fun,
E então feliz Natal esperamos que tenhas alegria
The near and the dear one, the old and the young.
O proximo e querido e velho e o jovem

A very merry christmas and a happy new year,
Um alegre Natal e um feliz ano novo
Let's hope it's a good one without any fear.
Vamos esperar que seja um bom ano sem sofrimento

War is over, If you want it, War is over now.
A guerra acabou se você quiser a guerra acabou agora.

Happy christmas! Happy christmas! Happy christmas! Happy christmas! Happy christmas!
Feliz Natal! Feliz Natal! Feliz Natal! Feliz Natal! Feliz Natal!

Autor: John Lennon
Enviado por: Abigail Tenório


PERUS

Duas crianças, vizinhos, o Pedrinho e a Estela,
ganharam dois filhotinhos de perua amarela.
O marronzinho de Pedro; amarelinha de Estela.
Juntinhos eles brincavam, bem embaixo da janela, o peruzinho de Pedro e a peruinha de Estela.
Esta estória engraçadinha até parece novela:
o peruzinho de Pedro; a peruinha de Estela.
Brincavam de pega-pega o Pedrinho e a Estela
o peruzinho com ele, a peruinha com ela,
o peruzinho marron; a peruinha amarela.

Hoje adultos, eles negam mas a vizinha revela
que andavam namorando toda a noite à luz de vela,
o perú e a peruinha; o Pedrinho e a Estela!
Mas num dia de festança a coisa não ficou bela
o perú e a peruinha foram todos p’ra panela.
Assim acaba a estória de Pedrinho e Estela,
do peruzinho marrom... da peruinha amarela.

Autor: Alsan



FELIZ NATAL MEU AMIGO

Feliz Natal meu amigo que fez do sol, o seu caminho de luz, da alvorada o seu lindo dia, de cada noite estrelada, uma linda canção.

Feliz Natal meu amigo que fez da estrela de Belém, o seu guia de todas as horas.

Feliz Natal meu amigo que repartiu um pouco de seu pão, distribuiu agasalhos, deu guarida a todos aqueles necessitados e excluídos por imposições do convívio social.

Feliz Natal meu amigo que cultivou a esperança, a fé, onde tudo parecia perdido.

Feliz Natal meu amigo que fez brotar mais uma vez o sorriso no rosto de uma criança, que dedicou parcela do seu tempo para consolar os aflitos, distribuiu remédios aos enfermos, consolo aos desesperados.

Feliz Natal meu amigo pela sua conduta cristã, e por acreditar que nem tudo está perdido quando o amor, a fé, e a vontade de servir o próximo se encontra presente.

Feliz Natal meu amigo por sua dedicação, pela sua perseverança, e pelo seu modo gentil de tratar as pessoas, colocando-as todas num mesmo patamar de igualdade.

Feliz Natal meu amigo por todas essas qualidades mencionadas, é o que faz de você esse amigo tão especial.
(Mauá, dezembro de 2006)

Autor: Paulo Rozzini

CARTA DAS MULHERES AO PAPAI NOEL

Querido Papai Noel
Estou escrevendo com antecedência, pois percebi que organização não é seu forte e quero que o senhor tenha tempo de preparar tudo certinho.
Para 2006 não tenho a menor intenção de ser humilde em relação aos meus pedidos, estou de saco cheio de ser delicada ao pedir e receber migalhas.
Então serei bem objetiva, segue minha lista, posso assegurar que muitas outras mulheres irão gostar, de modo que o senhor pode produzir tudo no atacado para baratear os custos.
Desejo que não haja limite nos cartões de crédito, e que exista um código especial para fazer compras, de maneira que a fatura seja automaticamente zerada.
Quero um homem de verdade, mas, fala sério, Papai Noel, não me traga imitações! Diga não à pirataria! Chega de genéricos!
Quero um dispositivo instalado no umbigo que jogue fora toda a gordura consumida, desinflando os pneuzinhos automaticamente.
Quero também um aspirador gigante, com detector de canalhas, de modo que se algum deles se aproximar, seja imediatamente sugado, triturado e reduzido a pó.

Não quero me depilar nunca mais!!! Ou o senhor faz a moda pedir pernas, axilas, buço e virilha cabeludas, ou suma de vez com todos os pelos indesejados de meu corpo.
Um chocolate que elimine a celulite e hidrate a pele ao ser ingerido.
Quero uma manicure e pedicure definitiva, que dure para sempre como se tivesse acabado de fazer.
Meu marido, deve adivinhar todos os meus desejos, e toda vez que se aproximar de mim deve dizer o quanto sou linda, inteligente e especial. Que me traga presentes e trate bem minha família, e também adivinhe quando for hora de sumir, quando eu estiver sensível ou com tpm.
Um presente ideal seria uma gravidez que durasse apenas dois meses e um parto indolor. Para o ciclo menstrual, vou ser camarada, pedir que dure 2 horas. Também gostaria de um botãozinho que eu apertasse sempre que “eu” quisesse ficar fértil.
Quero roupas que sofram uma metamorfose de acordo com as tendências e as estações, com tecidos auto-limpantes e auto-passantes.
Se um homem se atrever a me trair, ou estiver mentindo, que uma luz vermelha se acenda em seu nariz, como aquela sua rena, e que logo em seguida ele confesse tudo o que fez. Em caso da mais remota chance de infidelidade, faça com que ele não consiga uma ereção naquele momento.
Mas, atenção, não quero uma brochada definitiva, pois também não me seria conveniente.
Quero uns comprimidos que alterem automaticamente cor, comprimento e textura do cabelo, permitindo os mais variados penteados, que voltarão ao normal no momento em que eu assim desejar.
Vou pedir novamente um suprimento infinito de sapatos, bolsas, cosméticos e jóias, visto que minha solicitação anterior foi esquecida. E quero também um espaço auto-organizante que acomode tudo.
Também vou pedir de novo: me mande um robozinho que limpe, lave, passe,cozinhe e toque música, que não falte, não peça aumento e não acabe com o sabão em pó de um mês em uma semana.

Quero bumbum, peitos e coxas, tudo com botõezinhos que inflem e desinflem segundo a ocasião, situação e minhas intenções. Que abdominais sejam coisas que possamos comprar prontas, no supermercado.
Quero 180 de QI e 52 de cintura, não ao contrário!!
Espero que não seja muito complicado atender minha listinha.

Com carinho, Uma mulher como todas...

Autor: Não mencionado
Enviado por: Marília Bellizzi

MENSAGEM DE NATAL

O ano passou muito rápido,
e de novo chegou o Natal
E com ele chegou junto
a Esperança e a Paz

A Esperança chegou alegre,
trazendo em seus lábios
o sorriso desejoso de que
este Natal seja diferente

Um Natal onde todas as
crianças recebam presentes
Onde alegrias sejam divididas
Onde a fartura de uma mesa
seja privilégio de todos

Por fim, chega a Paz,
esperando que as discórdias cedam
seu lugar ao bom senso
Que os povos se dêem as mãos,
formando uma grande ciranda
de amor e fraternidade

Esperança e Paz, unidas entre si
com o objetivo único de acabar com
as diferenças sociais,
dissipar de uma vez por todas
as mentes preconceituosas

Se isso acontecesse, creio que não
só eu, mas o mundo agradeceria
Teríamos um Natal mais humano,
mais fraternal...
Mas ainda é tempo...
Paz e Esperança!

Autora: Regina Bertoccelli


A DOÇURA DO NATAL

Se o amor dourar, de fato, nossas almas,
se contemplarmos tudo com ternura,
se nossos eus, em sintonia pura,
proferirem palavras sempre calmas...

Se estendermos, de nossas mãos, as palmas,
para darmos, a qualquer criatura,
o que temos a mais, nossa fartura,
que vai, minando a dor, curar os traumas, provaremos a doçura do Natal
constantemente, não só por um dia,
pois combatendo o egoísmo, a farsa e o mal, sorrindo ergueremos, para o nosso bem,
um acesso a Deus, pleno de harmonia,
que será de todos, e nosso também!...

Autora: Auta de Souza
Enviado por: Mira Scopeta

Webdesigner: Lika Dutra

Para acessar matérias anteriores,
clique na caixa abaixo.

Qual a sua opinião sobre esta matéria?
Envie suas críticas e sugestões.

Clique aqui

Deseja enviar esta página para um
"Velho Amigo"?

Clique Aqui

<< Clique Aqui para voltar