DIA DE ANO NOVO

ALIMENTOS QUE ATRAEM FORTUNA

NO ANO NOVO

Muitas pessoas têm o costume de oferecer certos alimentos na passagem do ano para atrair boa sorte. Saiba aqui de onde vem esta crença.

Lentilhas, romãs e figos são alimentos conhecidos desde os tempos bíblicos. Nós, no Brasil, herdamos um pouco da cultura de diferentes povos e também seus costumes alimentares. Adotamos crenças e superstições e com isso alguns alimentos passaram a fazer parte da nossa mesa de Natal e Réveillon. A romã, por exemplo, que aparece em muitas passagens da Bíblia, é de origem árabe e chegou ao Brasil com a colonização portuguesa. Como a fruta tem muitas sementes, diz a tradição que está ligada à prosperidade.

Veja algumas crenças e superstições mais populares:

Lentilhas - Basta uma colher de sopa na ceia para assegurar um ano inteiro de fartura. A origem desta superstição é italiana e foi trazida para o Brasil pelos imigrantes.

Romã - Para atrair dinheiro, coma sete grãos e depois guarde as sementes, já secas, na carteira.

Uva - Para os portugueses, comer três, sete ou a quantidade correspondente ao seu número de sorte garante fartura. Para atrair dinheiro, guarde as sementes na carteira até a virada do próximo ano.

Carne de Porco - Como o porco fuça para frente, garante armários cheios o ano todo. Evite o peru, que cisca para trás. Evite também caranguejo.

Figo - Está associado à imagem de Maria, mãe de Jesus, por isso acredita-se que traga prosperidade. Os povos do Oriente costumam oferecer o figo seco entre nozes aos seus convidados no Natal.

Nozes, avelãs, castanhas e tâmaras - Trazidas para cá pelos imigrantes de origem árabe, são recomendadas para garantir fartura.

 

 

Fonte: Revista Criativa
Webdesigner: Lika Dutra

Qual a sua opinião sobre esta matéria?
Envie suas críticas e sugestões.

Clique aqui

Deseja enviar esta página para um "Velho Amigo"?
Clique Aqui

<< Clique Aqui para voltar