13 DE DEZEMBRO

DIA DE SANTA LUZIA

Santa Luzia
Protetora dos olhos e da visão

Santa Luzia pertencia a uma rica família de Siracusa, na Itália, tendo recebido ótima formação cristã, ao ponto de Luzia ter feito um voto de viver virgindade perpétua. Com a morte do pai, Luzia soube que sua mãe a queria casada com um jovem de distinta família, porém pagão.

Nessa ocasião, sua mãe adoece gravemente e Luzia, que era devota de Santa Águeda, leva sua mãe à tumba da santa. Milagrosamente, sua mãe recupera a saúde e acaba concordando que a filha seguisse a vida que escolhera, consentindo também, que distribuísse seu rico dote entre os pobres.

O noivo rejeitado vingou-se, entregando Luzia como cristã ao procônsul. Este ameaçou Luzia de colocá-la no prostíbulo e sua resposta foi: "O corpo se contamina se a alma consente". Assim sendo, dezenas de soldados tentaram carregá-la, mas o corpo de Luzia pesava muito, nada conseguindo. Contam que enquanto estava presa, arrancaram-lhe os olhos, mas no dia seguinte estavam novamente perfeitos. Por este milagre é que ela é venerada como protetora dos olhos.

Santa Luzia, não querendo oferecer sacrifício ao deuses e nem quebrar o seu santo voto, foi decapitada em 303, para assim testemunhar com a vida - ou morte - o que disse: "Adoro a um só Deus verdadeiro, e a ele prometi amor e fidelidade".

Oração à Santa Luzia

Ó, Santa Luzia, que preferistes deixar que os vossos olhos fossem vazados e arrancados antes de negar a fé e conspurcar vossa alma; e Deus, com um milagre extraordinário, vos devolveu outros dois olhos sãos e perfeitos para recompensar vossa virtude e vossa fé, e vos constituiu protetora contra as doenças dos olhos, eu recorro a vós para que protejais minhas vistas e cureis a doença dos meus olhos.
Ó, Santa Luzia, conservai a luz dos meus olhos para que eu possa ver as belezas da criação. Conservai também os olhos de minha alma, a fé, pela qual posso conhecer o meu Deus, compreender os seus ensinamentos, reconhecer o seu amor para comigo e nunca errar o caminho que me conduzirá onde vós, Santa Luzia, vos encontrais, em companhia dos anjos e santuário.
Santa Luzia, protegei meus olhos e conservai minha fé. Amém.

Hino Oficial da Padroeira de Santa Luzia

Ó Virgem Santa Luzia, nossa querida padroeira, lá no céu onde estás és a nossa Medianeira.

A tua vida é para nós modelo
nós queremos seguir o teu exemplo
por tua virtude e grande amor
a Ti nós dedicamos este templo.

Olha pra nós os filhos teus
Ó Virgem Mártir que nos dás a luz
Santa Luzia, Virgem Piedosa
manda-nos sempre as bênçãos de Jesus.

Tua candura puro emblema de fé
Virgem querida dá-nos tua proteção
és nosso guia, nossa vida e esperança
a ti ó Mártir, uma eterna devoção.

Fontes: Santos da Igreja Católica

SANTA LUZIA

Em Siracusa, Itália, na cidade de Sicília,
No final do segundo século do cristianismo,
Nascia a protetora das doenças dos olhos,
Santa Luzia.

De família ilustre, seus pais eram nobres sicilianos,
Luzia ficou órfão de pai quando tinha quatro anos.
Quando jovem, Luzia possuía dotes físicos admiráveis,
Em seu rostinho sobressaiam-se os olhos da santidade.

Tudo isto lhe atraía jovens afamados e de altas linhagens!
Luzia carregava consigo o seu voto de castidade,
Comprometida com Cristo, a virgem e mártir é a verdade!

Santa Luzia ou Lúcia, doou seus bens aos necessitados;
Com sua mãe visitou o túmulo de Santa Águida em Catânia.
Este ato reforçou o seu grande amor em Cristo crucificado,
Luzia levava às pessoas à luz de bondade e a caridade.

Dos olhos e suas doenças Santa Luzia é a grande protetora!
Por seguir a doutrina cristã e negar adoração aos ritos pagãos,
A mártir Santa da Graça Iluminadora possivelmente, depois de ser flagelada foi decapitada ao fio de espada!
A Santa previu e acertou o fim da perseguição aos cristãos!

* Santa Luzia conservai-me a visão e sua luz espiritual, amém...

Autor: Manuel de Almeida (Manal)

Webdesigner: Lika Dutra

Qual a sua opinião sobre esta matéria?
Envie suas críticas e sugestões.

Clique aqui

Deseja enviar esta página para um "Velho Amigo"?
Clique Aqui

<< Clique Aqui para voltar