DICAS DE BELEZA

RESSALVA

Não sou médica e, mesmo se fosse, não poderia dar uma resposta sem fazer uma consulta pessoal. 
Sugiro ainda que não aceitem consultas virtuais.

PODOLOGIA

TRATANDO BEM OS SEUS PÉS

O que é podologia?

A podologia é uma área especializada em tratar as conseqüências das constantes agressões que os pés sofrem.

Quando devo procurar os serviços de um podólogo?

Muitas vezes, ao sentir dor nos pés, as pessoas acabam "tentando" resolver o problema. Na maioria das vezes as pessoas que apresentam podopatias não procuram o especialista, por simples falta de informação, ou seja, desconhecem a existência de profissionais qualificados. Os problemas mais conhecidos dos pés e que são facilmente resolvidos por um podólogo são:

1. Unhas Encravadas
2. Calos
3. Calosidades
4. Correção de unhas (órtese)
5. Fissuras

O que é unha encravada?

A Onicocriptose, ou mais conhecida como unha encravada, ainda é motivo de grande desconforto. A intervenção cirúrgica normalmente não resolve o problema. Os podólogos entendem que, em 99% dos casos, é possível solucionar o problema sem a intervenção cirúrgica.

A unha encravada é uma dolorosa afecção que aparece freqüentemente na última falange do primeiro dedo e geralmente ao seu redor, se desenvolve-se um tecido granulomatoso. O tratamento está restrito somente à retirada da espícula (pedaço da unha) e não da unha propriamente dita.

Tratamento: Para a retirada do fragmento ungueal (espícula), procedemos da seguinte forma abaixo.

1) Assepsia dos pés;
2) Limpeza da zona a tratar com solução fisiológica e água oxigenada;
3) Com bisturi de unha, faz-se um corte da unha desde o ponto 1 até o ponto 2 a 4 ou 5 mm da borda lateral da mesma;
4) Separa-se suavemente o fragmento cortado e em seguida retira-se o mesmo, e
5) Finalmente, aplica-se uma pomada cicatrizante e bactericida e protege-se o dedo com um curativo. Após dois dias, o cliente deverá retornar para a retirada do mesmo. Pode haver a necessidade de um segundo curativo.

O antes e o depois da unha encravada:


O que são calos?

Uma hiperqueratose associada à presença ou não de um núcleo do mesmo material, com formato cônico, tendo sua porção mais estreita voltada para dentro. Os calos têm como causa, problemas de origem ortopédica e/ou calçados inadequados.

O podólogo pode auxiliar a sanar esse incômodo. Não existe remédio para curar calos. O correto é fazer visitas regulares, de mês em mês, para sua remoção que é feita de forma simples, rápida e indolor.

Tratamento: Consiste na remoção do tecido hiperqueratoso subjacente ao núcleo, além da remoção dele próprio, caso exista. Coloca-se um pedaço de algodão embebido em um emoliente para diminuir a rigidez do calo e, após alguns minutos, faz-se o desbastamento do mesmo. Em seguida, usa-se uma lixa elétrica para finalizar o tratamento.

O que são calosidades?

É o espessamento da pele num determinado ponto. O organismo reage assim para se defender de atritos provocados por calçados apertados, má postura ou andar incorreto. O podólogo pode auxiliar a sanar esse incômodo. Não existe remédio para curar calosidades. O correto é fazer visitas regulares, de mês em mês, para sua remoção que é feita de forma simples, rápida e indolor.

Tratamento: Consiste na remoção do tecido hiperqueratoso. Coloca-se um pedaço de algodão embebido em um emoliente, para diminuir a rigidez da calosidade e, após alguns minutos, faz-se o desbastamento do mesmo. Em seguida usa-se uma lixa elétrica para finalizar o tratamento.

O que são cravos?

O cravo é um tipo de calo situado na planta do pé, aprofundado como um cone e muito doloroso. O podólogo pode auxiliar a sanar esse incômodo. Não existe remédio para curar cravos. Para sua remoção, que é feita de forma simples, rápida e indolor, o correto é fazer visitas regulares, de mês em mês.

Tratamento: Consiste na higienização completa dos pés onde será executada a remoção do cravo, que é efetuada com instrumentos apropriados e esterilizados.

O que é o bicho-do-pé?

É a menor espécie de pulga. Apenas a fêmea penetra nos tecidos, de preferência do homem, porco, cão e rato. No homem, o bicho-do-pé prefere penetrar principalmente na sola do pé, nos cantos e sob as unhas (dos pés e das mãos). A pulga penetra no hospedeiro escolhido, permanecendo com a cabeça e o corpo mergulhados no tecido.

As fêmeas, ao penetrarem, provocam uma coceira intensa. Após alguns dias, o seu abdome aumenta, tomando a forma de batata ou moranga. Na verdade a pulga está cheia de ovos. Os machos e fêmeas vivem em locais secos, próximos de chiqueiro, monte de estercos e nas proximidades da casa (hortas e jardins).

O maior perigo do bicho-do-pé está na possibilidade da pulga levar também o bacilo do tétano e gangrena. O bicho deve ser retirado com cuidado para não estourar seu abdome. O processo é indolor e o podólogo está apto a retirar a pulga de forma simples e rápida.

Tratamento: Consiste na higienização completa dos pés na região onde será feita a remoção do bicho-do-pé, com instrumentos apropriados e esterilizados.

O que é micose de unha?

As micoses são infecções provocadas por fungos. Podem se manifestar na pele, couro cabeludo e unhas. Isso porque essas regiões são ricas em queratina, o alimento desses fungos. A higiene é o princípio fundamental tanto para prevenção como para a cura das micoses, por isso, recomendamos visitas regulares de mês em mês para uma assepsia em clínicas especializadas em tratamento de pés, juntamente com o uso de medicamentos indicados por dermatologistas.

Tratamento: O tratamento consiste na assepsia da unha afetada pelo fungo e da aplicação do medicamento indicado por um médico dermatologista. Esta assepsia na unha afetada é indicada para uma melhor absorção do medicamento. As lixas utilizadas neste procedimento são descartáveis. Este tratamento pode durar até 12 meses.

O que são fissuras?

São rachaduras que deixam os pés doloridos e, muitas vezes, dificultam a simples rotina de calçar os sapatos e caminhar. Pode ocorrer até mesmo sangramento.

Geralmente as fissuras se dão pelo ressecamento da pele associada ou não à hiperqueratose, sendo que esta última é uma podopatia que, muitas vezes, aparece conjugada às fissuras.

Tratamento: Consiste na higienização do local e aplicação de emoliente, removendo todo o espessamento verificado na região plantar. Para finalizar o tratamento são utilizados cremes apropriados para uma hidratação. É aconselhável que se faça, após a higienização dos pés, uma hidratação profunda com vapor de ozônio.

Dica: Após o tratamento é necessário que se use em casa um bom creme à base de uréia.

O que é órtese?

Órtese é um dispositivo que se fixa à lâmina ungueal (unha) e apresenta eficiente capacidade de tração mecânica, sendo inegavelmente a melhor opção para o tratamento corretivo de unhas deformadas. A aplicação de órtese faz com que a unha volte ao seu formato normal e, consequentemente, há um alívio de dor.

Tipos de deformidades das unhas que podem ser corrigidas com o uso de órteses:

Unha em funil.

 

Unha em gancho.

 

Unha em torquês.

 

Unha em caracol.

 

Os materiais usados no tratamento de podopatias são esterilizados?

Os instrumentos utilizados no tratamento de podopatias são esterilizados a cada troca de cliente. As peças são armazenadas, individualmente, em embalagens de nylon, próprios para estufa, e permanecem na mesma, dentro de uma caixa de metal, por 2 horas no calor (170ºC), para que as bactérias e outros micróbios morram e assim não causem doenças.

Qual a sua opinião sobre esta matéria?
Envie suas críticas e sugestões

Clique aqui

Deseja enviar esta página para um
"Velho Amigo"?

Clique Aqui