DICAS DE SAÚDE

RESSALVA

Não sou médica e, mesmo se fosse, não poderia dar uma resposta sem fazer uma consulta pessoal. 
Sugiro ainda que não aceitem consultas virtuais.

GERGELIM

GERGELIM
(Sesamum indicum)

Existem três tipos de sementes de gergelim: as de cor branca, marrom e preta, sendo que a última apresenta mais características medicinais. O óleo de gergelim comumente utilizado é composto das três variedades.

O gergelim apresenta o sabor doce, característica neutra e ação principal no fígado e nos rins, nos quais aumenta a essência (Yin) e fortalece as funções. Igualmente tem efeito tonificador sobre o sangue.

Indicações para o uso do Gergelim

- Tonifica o fígado e os rins;
- Umedece os cinco órgãos;
- Fortalece os tendões e os ossos;
- Tonifica o estômago e os intestinos;
- Acalma o Qi do fígado;
- Clareia a visão;
- Refresca o sangue;
- Libera os efeitos tóxicos do calor;
- Tônico geral, principalmente após hemorragias;
- Deficiência de Qi baço/ pâncreas e dos rins;
- Fortalece os membros inferiores;
- Combate dores lombares e de joelhos, impotência sexual; reumatismos;
- Evita a queda e branqueamento precoce dos cabelos.

O gergelim é rico em vitamina A, B1, B2, E, niacina, cálcio, fósforo, ferro, fibras e, principalmente, em óleos, dos quais 40% é constituído de ácido linoléico, ácido linolênico, ácido oléico e outros.

O óleo de gergelim, largamente utilizado, deve ser empregado nas frituras vegetais, pois esta combinação evita a perda da essência dos mesmos. Também deve ser empregado para aqueles que fazem dieta exclusiva de vegetais, na qual faltam os óleos, principalmente os essenciais.

Dentre as gorduras poliinsaturadas contidas no óleo de gergelim, algumas são essenciais (ácido linoléico e ácido linolênico). O uso de óleo de gergelim é, portanto, importante, uma vez que o nosso organismo é incapaz de sintetizar esses ácidos graxos, que são indispensáveis no transporte de gorduras do sangue, promovendo assim a limpeza de gorduras saturadas sangüíneas, responsáveis pela hipercolesteroremia.

Gergelim e o Sistema Digestivo

O gergelim umedece e lubrifica os intestinos. Esta ação deve-se à presença de ácido linol presente na casca de gergelim, aumentando o peristaltismo intestinal, o trânsito do bolo alimentar e ativando a circulação sangüínea ao nível da parede intestinal. Desta maneira evita a prisão de ventre e as hemorróidas. Nas gestantes com prisão de ventre em que o uso de laxativos é contra-indicado, deve-se tomar sopa de gergelim para solucionar este inconveniente.

Gergelim e a Energia dos Rins

O gergelim nutre e fortalece a energia dos rins, aumentando, conservando e repondo a essência sexual.

Age sobre o coração, através dos rins, evitando as taquicardias. Conserva e nutre os cabelos evitando o branqueamento precoce, pois normaliza a função da melanina.

Associando-se o gergelim à papa de arroz integral, promove-se o aumento da lactação, pelo efeito já conhecido sobre a Energia do Canal Curioso do Vaso da Concepção.

Gergelim e a Energia do Fígado

O gergelim é utilizado para aumentar a acuidade visual, quer seja diurna, quer seja noturna, que é promovida pela presença de vitamina A.

A partir dos 45 anos, quando começa a diminuição da acuidade visual, é aconselhável ingerir gergelim de modo rotineiro.

Outra ação é sobre a hiperexcitabilidade do nervo periférico levando ao quadro de neurite. O gergelim também tem ação antinflamatória dos nervos periféricos.

Gergelim e o Sangue

Nutre o sangue e aumenta a produção pela presença de ferro. Também atua aumentando a resistência da parede dos vasos sangüíneos e fortalecendo todas as células do corpo.

Óleo de Gergelim

Apresenta sabor doce, característica refrescante, ligeiramente frio. Tem ação principal no intestino grosso.

Tem as funções de umedecer a secura, de favorecer o peristaltismo intestinal, de neutralizar as toxinas, de ser fortificante de Qi e de sangue, pois conserva as propriedades dos grãos de gergelim. É um meio ideal para retirar as vitaminas lipossolúveis dos vegetais.

Fontes: diversos sites, revistas e jornais
Enviado por: Maria Beatriz


Qual a sua opinião sobre esta matéria?
Envie suas críticas e sugestões

Clique aqui

Deseja enviar esta página para um
"Velho Amigo"?

Clique Aqui