DICAS DE SAÚDE

RESSALVA

Não sou médica e, mesmo se fosse, não poderia dar uma resposta sem fazer uma consulta pessoal. 
Sugiro ainda que não aceitem consultas virtuais.


A CURA PELO ALHO

1)Prisão de ventre

Pessoas que tendem a sofrer de prisão de ventre podem encontrar alívio no uso regular de quantidades moderadas de alho misturado com cebola e leite ou iogurte.

O allicin entra no intestino grosso juntamente com outras substâncias indigestas e, lá, é decomposto pela ação de bactérias.

O allicin estimula o movimento peristáltico das paredes intestinais e provoca os movimentos internos necessários.

As pessoas que sofrem de prisão de ventre crônica precisam, às vezes, de maiores quantidades de alho, mas devem prevenir-se contra a reação das pessoas ao seu cheiro forte.

O uso do alho pode, às vezes, causar diarréia. É uma reação temporária, resultante de seu uso excessivo.

Regulada a quantidade do consumo do alho, os intestinos voltarão ao normal. O alho pode agir mais rápida e eficientemente se comido com sínfito, couve e outras verduras.

2) Alívo de distúrbios da Menopausa

O consumo regular de alho com outros alimentos naturais complementares - especialmente verduras - pode conservar o organismo equilibrado durante o penoso e freqüentemente doloroso período da menopausa, que afeta mulheres e, de modo mais suave, homens de meia-idade.

A terapia regular do alho ajudará o organismo a combater sintomas como leucorréia, artritismo, obesidade causada por desequilíbrio hormonal, coceira da pele, nariz entupido, urina anormalmente freqüente, distúrbios vasculares, ondas de calor no rosto, palpitações cardíacas, calafrios nas cadeiras e pernas, distúrbios sensórios e mentais, enxaquecas, náuseas, tonteiras, depressões, fobias e muitas outras características da menopausa.

3) Hemorróidas

Casos sérios de hemorróidas cecais e fístulas anais requerem cirurgia; mas existe uma terapia com loção de alho que pode curar casos menos graves de hemorróidas, uma espécie de câncer das mucosas do ânus.

Após lavar a região anal com água morna e sabão neutro, aplica-se de três a cinco vezes, o suco de alho ou alho socado, embebido em algodão absorvente.

Se isso for difícil, prepara-se um banho de assento com água morna e o suco de dois ou três dentes de alho, e deixe ficar por alguns minutos.

O allicin desinfeta a região anal e estimula a circulação sangüínea, aliviando a dor e aos poucos curando o paciente.

Quem tiver hemorróidas deve evitar comidas muito condimentadas, que prejudica o tratamento; deve manter a região anal bem limpa, e insistir na loção de alho ou no banho de assento até que se cure.

Texto extraído do livro
"A Cura Pelo Alho"
de George Lopez


Qual a sua opinião sobre esta matéria?
Envie suas críticas e sugestões

Clique aqui

Deseja enviar esta página para um
"Velho Amigo"?

Clique Aqui