DICAS
DE INFORMÁTICA E DE INTERNET

Página aberta sob o comando do "VelhoAmigo" Roberto Oliveira Hor-Meyll no ano de 2003.
Ele partiu para outro plano no dia 8 de fevereiro de 2007.
Mas suas dicas oferecidas com tanta presteza e sabedoria permanecerão neste espaço.
É uma forma de homenageá-lo!
Não podemos descartar as informações doadas por ele
com tanto amor.
São soluções simples em informática.
Envie sua pergunta e leia, aqui, a nossa solução, atualmente, respondidas por diversos colaboradores.


APRENDA A LIMPAR O TECLADO

Você pode não ter reparado, mas talvez um ecossistema alienígeno esteja em desenvolvimento no teclado do seu computador. Além da sujeira visível, grande quantidade de poeira se acumula debaixo das teclas. Às vezes, a mistura de bebida derramada e migalhas pode até impedir o funcionamento do periférico.

Manter o teclado limpo é fácil e a rotina de asseio deve ser adotada regularmente. Antes de começar o trabalho, verifique se seu teclado é mecânico ou com membrana. Alguns teclados ainda usam aparato mecânico sob as teclas, o que gera um clique diferente quando são pressionadas. A maioria dos teclado atuais, no entanto, utiliza teclas que se conectam a uma membrana plástica.

Dividimos as dicas em duas seções. Na primeira parte estão as instruções para uma limpeza básica. As dicas para tratar os teclados emperrados ou imundos estão na segunda parte. Se você precisar de um periférico novo, eles custam a partir de 30 reais.

Remova a sujeira - Desligue o computador e desconecte o teclado. Coloque uma folha de jornal velho sobre uma mesa, vire o periférico de cabeça para baixo e, segurando-o a uma curta distância do papel, sacuda-o para soltar os resíduos.

Sopre a sujeira - É melhor fazer esse trabalho fora do escritório. Use uma lata de ar comprimido para soltar e remover a sujeira, direcionando o fluxo de ar para o espaço entre as teclas. Depois, inverta e sacuda o teclado novamente.

Limpe as superfícies do teclado - Para remover a oleosidade de dedos e outras sujeiras da superfície das teclas, prepare uma solução diluída com detergente líquido comum. Não use soluções adstringentes de limpeza. Utilize um pano úmido (não molhado) e sem fiapos para limpar suavemente a superfície das teclas. Se elas não estiverem muito sujas, água morna bastará. Depois, enxugue as teclas com um pano seco.

Retire a sujeira restante com aspirador de pó - Para remover sujeira solta que não foi retirada nas etapas anteriores, use a escova para poeira de um aspirador de pó comum.

Tratamento Intensivo
Não perca de vista as teclas - Se medidas extremas forem necessárias, retire as teclas para ter acesso ao interior do teclado. Antes de começar essa tarefa, porém, use uma copiadora ou câmera digital para registrar o layout do teclado montado para poder remontá-lo corretamente.

Remova o revestimento das teclas - Com uma pequena chave de fenda, retire cada tecla cuidadosamente. Elas devem se soltar com facilidade. Não remova a barra de espaço nem teclas grandes, como Shift, Enter e Tab. Pode ser difícil recolocá-las.
Persiga a sujeira persistente - Afrouxe e remova partículas residuais com ar comprimido. Use um pano umedecido com a solução do Passo 3 para remover sujeira e manchas. Para manchas teimosas, use bolas de algodão umedecidas em álcool isopropílico 90 por cento. Depois, use o ar comprimido novamente.

Remonte o teclado - Recoloque cada revestimento de tecla cuidadosamente. Certifique-se de que cada uma esteja funcionando livremente à medida que você prossegue. Conecte o teclado ao computador e teste todas as teclas.

Tenha à mão

Limpeza básica
Você vai precisar de ar comprimido enlatado, disponível em lojas de informática e produtos para fotografia, pano sem fiapo ou lenços fotográficos, detergente comum diluído, aspirador de pó com escova suave.

Tratamento intensivo
Para a limpeza mais profunda, você vai precisar de todos os itens listados acima, mais uma pequena chave de fenda para remover as teclas, mechas de algodão e álcool isopropílico 90 por cento, disponível em qualquer farmácia. Observação: não use álcool etílico.

Fonte: www.clubedainformatica.com.br

DEZ MANDAMENTOS PARA SE DEFENDER DOS VÍRUS DE E-MAIL

Para se proteger dessas pragas virtuais, além de um bom antivírus (sempre atualizado!), é preciso ter bom senso e seguir alguns mandamentos para evitar a contaminação:

1º Mandamento
Não abrirás arquivos anexos enviados por pessoas desconhecidas. Principalmente se a mensagem tratar de pornografia ou vantagens financeiras. Simplesmente apagarás a mensagem.

Mandamento
Se não souberes do que se trata o anexo, não o abra. Mesmo que o e-mail seja de uma pessoa conhecida.

Mandamento
Assunto e remetente também ajudam a identificar vírus. Se chegar um e-mail de alguém famoso ou com um título engraçado, cuidado: vírus à vista. Atentarás também para os e-mails sem remetente ou sem assunto. Os vermes modernos podem atacar-te ao abrir uma mensagem, sem que abras um anexo.

Mandamento
Deletarás as correntes e e-mails indesejados (spam). Não encaminharás nem responderás a nenhum desses e-mails (_); ao pedir que um spammer tire teu endereço da lista, tu só fazes confirmar teu endereço para ele.

Mandamento
Atualizarás sempre seu antivírus. Cerca de 200 novos vírus são descobertos todo mês.

Mandamento
Farás backup de todos os seus arquivos, e manterás os discos atualizados para não perder informações. Assim, há como recuperar os dados caso um desastre aconteça. Se não podes (ou não queres) investir em um gravador de CDs, aproveita a queda do preço dos disquetes... :-)

Mandamento
Só farás downloads de sites confiáveis. Caso seja necessário baixá-lo, gravarás o arquivo em um disquete e, então, passarás o antivírus.

Mandamento
NUNCA abrirás arquivos anexos que tenham as extensões PIF ou VBS, e terás precaução redobrada com os EXE ou COM. Esses arquivos são, na verdade, rotinas que descarregam o vírus em teu computador. Apaguarás o e-mail imediatamente, mesmo que o anexo tenha outra extensão (por exemplo: nome.jpg.pif).

Mandamento
Assim que receberes um e-mail que pareça infectado, procura avisar os remetentes dos e-mails imediatamente anteriores, para que eles chequem seus sistemas e parem de ficar enviando essas bombas virtuais!

10º Mandamento
Bom senso tem atualização mais rápida que antivírus. Precaução: apagarás as mensagens estranhas e não deixarás a curiosidade te vencer. Basta pensar no trabalho que dará recuperar arquivos, perder outros, redigitar textos, formatar o disco rígido...

Autor
Francisco Madureira
Coordenador de Informática da Folha Online

Webdesigners:
Netty Macedo



<< Clique aqui para voltar

Envie aqui sua dúvida

Deseja enviar esta página para um
"Velho Amigo"?
Clique Aqui


|Fale Conosco|