ENTRE NESTE NOVO MUNDO

FENG SHUI

OS NOVE PASSOS PARA HARMONIZAR SEU IMÓVEL

Um imóvel saudável é aquele que, de acordo com a técnica chinesa do Feng Shui, permite uma boa circulação da energia Chi, fluido vital que deve movimentar-se pelos ambientes de forma harmônica e equilibrada.

A casa ou o ambiente comercial com Chi saudável afeta positivamente seus habitantes. Essa energia pode ser encontrada em vários elementos da natureza, como vento, luz, água, plantas, cristais etc.

Um dos meios de fazer com que a energia Chi circule em todos os espaços é a utilização dos nove passos de harmonização. Essa técnica usa objetos, cores e elementos colocados em locais específicos, visando alterar o astral do imóvel e influenciar a vida das pessoas que passam por ali.

"Use o bom senso na hora de aplicar a técnica dos nove passos, para não deixar o ambiente parecendo uma loja esotérica.
A boa aplicação é aquela que ninguém nota", alerta o especialista em Feng Shui Francis Gizzetti .

Veja aqui alguns exemplos de como tirar o máximo proveito dos nove passos de harmonização:

1- OBJETOS LUMINOSOS OU BRILHANTES

Esses elementos ajudam a elevar, expandir e controlar a energia Chi.

- Iluminação: use e abuse de velas e lanternas. A luz sempre é bem-vinda em qualquer ambiente e, quanto mais intensa, melhor.

- Esferas facetadas e prismas: garantem mais energia aos ambientes. Coloque-as próximas aos locais em que a luz do sol incide diretamente - janelas, varandas etc.

- Cristais: seja qual for o tipo de pedra, ela sempre atrai bons fluidos. Procure saber para que serve cada uma. Por exemplo: o quartzo branco ajuda a eliminar os maus fluidos, promovendo o equilíbrio dos espaços.

- Espelhos: além de ampliar o ambiente, esses objetos decorativos refletem e atraem imagens positivas. Já em forma de baguá (figura octogonal usada para mapear energeticamente os ambientes), os espelhos repelem as energias negativas.

2- SONS

Efeitos sonoros significam energia em movimento.

- Sinos de vento: esses elementos elevam e espalham a energia. As peças feitas metal

- bronze ou cobre - são as mais indicadas.

- Música: além de equilibrar o ambiente, a melodia deve ser agradável para satisfazer os ouvintes.

3- CORES

Detalhes coloridos ajudam a aumentar ou suavizar da energia Chi. A escolha das cores dependerá do tipo de ambiente e das pessoas que o utilizam. Lembre-se: mantenha sempre o imóvel bem pintado.

- Cores vivas e alegres: mais do que transmitir alegria, essas cores favorecem o alto astral.

- Tons suaves ou pastel: transmitem paz, tranqüilidade e incentivam a meditação.

4- OBJETOS PESADOS

O objetivo principal dessas peças é amenizar equilibrar o ritmo energético dos ambientes. Você pode usar: estátuas, pedras, fontes, biombos etc.

5- PLANTAS E ANIMAIS

A presença deles dentro de casa estimula a movimentação da energia Chi, além repelir e absorver todos os sintomas de baixo astral.

- Plantas: bonsai, árvores, bambu, flores coloridas e outras espécies ornamentais.

- Animais: peixes, pássaros, gatos, cães e outros bichos domésticos.

6- OBJETOS COM MOVIMENTO

Sua constante movimentação incentiva a circulação de energias positivas pelos ambientes.

- Sinos de vento, fontes d'água, móbiles, cata-ventos: provocam a dispersão de influências negativas.

7- PRODUTORES DE ENERGIA

Alguns objetos e utensílios domésticos são fornecedores de força, poder, energia e movimento. Mas cuidados com os excessos, pois podem comprometer o equilíbrio dos ambientes.

- Equipamentos eletrônicos: eletrodomésticos, TV, computadores e aparelhos de som.

- Talismãs: são amuletos que trazem proteção espiritual ao imóvel.

8- O PODER DAS ÁGUAS

Esse elemento da natureza ajuda a movimentar a energia positiva.

- Fontes, aquários, chafarizes, jarros ou tigelas com água: atraem prosperidade e riqueza.

9- A FORÇA DO BAMBU

Essa planta é conhecida como mensageira da paz, garantindo proteção e segurança. Funciona também como poderoso bloqueio para energias opressivas.

- Flauta de bambu: deve sempre ser pendurada em locais altos, junto ao batente da porta, por exemplo.

Autor
Francis Gizzetti

Qual a sua opinião sobre esta matéria?
Envie suas críticas e sugestões

Clique aqui

Deseja enviar esta página para um
"Velho Amigo"?

Clique Aqui