REPORTAGENS E ARTIGOS

20a. EXPOFLORA DE HOLAMBRA


Uma das mais famosas exposições de flores e plantas do país, foi iniciada em 30 de agosto e perdura até 23 de setembro acolhendo perto de 200 mil visitantes na cidade de Holambra, distante 155km de São Paulo.

Originariamente uma colônia de holandeses no Brasil, elevada à condição de município na década de 91, Holambra é conhecida pela sua produção de flores iniciada em 1951, e em sua exposição anual abriga, além das flores e plantas, exemplares de construções típicas e moinho. Devidamente preparada para o grande afluxo de visitantes, dispõe de estacionamento com capacidade para 5.500 veículos.

Em um grande hipermercado, o Garden Center, serão vendidas várias espécies de flores e plantas, de violetas a bonsais. Um dos destaques deste ano é o Vida Bis, um vaso de vidro transparente que acomoda antúrios e um peixe.

Durante o período da exposição, sempre acontecem shows folclóricos, e este ano serão apresentadas 120 coreografias pesquisadas pelo imigrante holandês Piet Schoenmaker. Divididas em três palcos, as atrações diárias são representadas por 230 dançarinos.

Ao final da tarde ocorre a Parada das Flores, um desfile de trajes típicos em carros decorados com flores, trio elétrico holandês e bandas. A parada termina com uma já tradicional "chuva de pétalas de flores".

Duas praças de alimentação, capazes de comportar 450 pessoas, estão preparadas com 16 lanchonetes e 6 restaurantes, e oferecem de fast-food a pratos típicos holandeses. Como novidade está sendo lançado um doce holandês à base de café, batizado de mocaboom.

Sempre visando a melhora do atendimento, as quintas-feiras serão voltadas para a visita de estudantes, que conhecerão um projeto de preservação ambiental, e as sextas-feiras, com programação para idosos, quando ocorrem concursos de danças e shows especiais.

Em programação paralela, os visitantes podem, partindo da Expoflora, fazer um passeio turístico para melhor conhecer a cidade de Holambra, com suas casas típicas com tijolos à vista, janelas decoradas com cortinas rendadas até a metade para facilitar a entrada do sol, e telhados inclinados, para não acumular neve, conforme a tradição do povo holandês.

Uma visita à Cooperativa de Holambra, e à Fazenda Terra Viva acrescenta grandes conhecimentos sobre a produção de flores e revela aspectos do cultivo, geralmente desconhecidos pelos turistas.

A infraestrutura hoteleira está localizada acentuadamente nas cidades vizinhas, a maior parte distando 30 a 50km do centro da exposição. Holambra só agora está investindo maciçamente no turismo, e a cidade conserva ainda suas tradições e as poucas pousadas e hotéis existentes na cidade não são suficientes para acomodar o grande número de visitantes.

A Expoflora será realizada no Pavilhão, à margem da rodovia Campinas-Mogi Mirim (SP-340), Km 141, em Holambra. Os ingressos custam R$ 12, e crianças até dez anos não pagam. O estacionamento custa R$ 6. Mais informações, pelo telefone (0XX19) 3802-1421.

Contribuição de
Nanci Pinto Santiago
nsantiagopinto@hotmail.com

Para acessar matérias anteriores,
clique na caixa abaixo.

Qual a sua opinião sobre esta matéria?
Envie suas críticas e sugestões.

Clique aqui

Deseja enviar esta página para um "Velho Amigo"?
Clique Aqui

<< Clique Aqui para voltar