Logomarca Velhos Amigos
INFORMAÇÃO / DATAS ESPECIAIS

DIA MUNDIAL DE COMBATE AO FUMO
publicado em: 27/11/2015 por: Netty Macedo

31 DE MAIO - DIA MUNDIAL DE COMBATE AO FUMO

29 DE AGOSTO - DIA NACIONAL DE COMBATE AO FUMO

"Ninguém educa ninguém, ninguém se educa sozinho, os homens se educam em comunhão". Paulo Freire

"Que fazer por meus irmãos, se nem ao menos me querem ouvir? Dá água de vida aos que têm sede de espírito". Trigueirinho (extraído de "Não estamos sós")

Tabaco
Uma sugestão de um eminente psicólogo, William Reich, é o da pessoa, ao acordar, passar 5 minutos à frente do espelho repetindo: "Não! Não! Não!". Nossa civilização tem muita dificuldade em dizer NÃO!

CIGARRO, QUE DROGA!

Os pneumologistas afirmam que os males do fumo passivo causam severos prejuízos à saúde. A fumaça do cigarro libera a adrenalina e o cortisol, hormônios causadores do estresse ao fumante passivo, aquele que aspira o ar poluído pelo cigarro.

Evitar restaurantes, boates ou locais fechados, freqüentados por fumantes, não é suficiente. O importante é coibir o cigarro também no trabalho e em casa. As substâncias tóxicas de apenas um cigarro aceso já poluem ambientes fechados. No final de um dia, aqueles que convivem 80% do tempo com fumantes podem ter respirado o equivalente a dez cigarros. Depois de passar pelo filtro do cigarro, a fumaça, pode poluir o ar, em média, com três vezes mais nicotina, três vezes mais monóxido de carbono, e até 50 vezes mais substâncias cancerígenas do que a fumaça inalada pelo próprio fumante ''. E os chamados fumantes passivos são os que mais sofrem, podendo adquirir asma, otite, alergias, sinusite, faringite, bronquite e dor de cabeça, entre outras doenças como as arteriais, as cardíacas, o câncer de pulmão e de garganta.

Muitas pessoas fumam na varanda, na janela, ou nos corredores dos prédios acreditando que estão evitando o mal aos filhos pequenos. Mas os pediatras afirmam que as substâncias químicas são muito abrangentes, mesmo que o cheiro do cigarro não seja sentido.

Crianças e idosos, que convivem com pessoas fumantes, ficam com o sistema imunológico debilitado e correm o risco de sofrerem problemas respiratórios graves pelo resto da vida.

As substâncias químicas do cigarro são absorvidas pela placenta e prejudicam o desenvolvimento do feto. Daí ser necessário que as gestantes evitem ambientes onde haja fumantes, para evitar que seus bebês nasçam com baixa imunidade e muito abaixo do peso.

Pais e mães fumantes expõem seus filhos a um risco cinco vezes maior de padecerem de doenças pulmonares e também de virem a sofrer de morte súbita.

Não fume e não permita que fumem em lugares públicos! Respeite a vida!
 

29 de agosto - Dia Nacional de Combate ao Fumo - Lei Nº 7.488 de 11/06/1986

O tabagismo é a principal causa de muitas doenças pulmonares, como a bronquite crônica, o enfisema pulmonar, o câncer de pulmão e está associado ainda a tumores em vários outros locais e doenças cardiovasculares.

Com o objetivo de conscientizar a população sobre o assunto e diminuir os riscos desses tipos de doenças, o governo aprovou, em 1986, a Lei Federal nº 7488, que estabeleceu o dia 29 de agosto como "Dia Nacional de Combate ao Fumo", criando assim, o compromisso de elaborar campanhas de combate ao tabagismo. Essa iniciativa também é praticada em todo mundo no dia 31 de maio, conhecido como "Dia Mundial sem o Tabaco", que movimenta todos países na luta contra o vício.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, no Brasil, cerca de 30% da população adulta é fumante. Além disso, estima-se que ocorram, a cada ano, 125.000 mortes no país por doenças associadas ao fumo.

O QUE GANHEI DE SAÚDE?

Já passaram seis anos que virei as costas pra um dos vícios mais infames e que nos aprisionam, tornando o nosso organismo um devoto da religião da fumaça. Hoje tenho uma resistência bem maior e um coração que bate mais forte, e meu estômago sabe receber os alimentos que antes o raio do cigarro impedia os seus horários.

Foi uma fase de péssimas orgias: uma, a bebida que consumia com frequência e o outro, o seu parceiro, o tabaco.

Anos e anos de péssimas companhias. Eu me iludia com os supostos prazeres que o pobre organismo recebia, como chumbo quente, todas as horas.

Que coisa triste é jogar dentro do corpo humano tanta sujeira e não enxergar que a nossa vida é tão tênue, que os melhores prazeres são aqueles em que o corpo está são e o pulmão obedece a sua função de respiração perfeita.

Quantas vezes, no ato conjugal, atrapalhava o meu prazer pela falta do oxigênio no melhor momento.

Sim, o cigarro é um prazer mórbido e cheio de ciladas, que nem imaginamos suas consequências danosas e só percebemos quando estamos na pior. Que terrível quando o médico especialista chama um parente mais próximo, anunciando o seu péssimo diagnóstico pra ser dito ao pobre consumidor do alcatrão.

Só tenho um melhor conselho pra todos que são fumantes e os tentados: "O preço do pecado é a morte". Hoje eu sei o significado dessas palavras sábias. Graças a Deus eu me salvei a tempo da maldição do tabaco.

Que o dia de hoje seja de muita reflexão para os ex-fumantes e os atuais como uma despedida desse vício cruel. Que mata mesmo.

Autora: Paulo Kwamme

Fonte: UFGNet; Soleis

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA