Logomarca Velhos Amigos
INTERAÇÃO / E AÍ, BICHO?

O SEXTO SENTIDO DOS ANIMAIS
publicado em: 24/04/2019 por: Lou Micaldas

Você já deve ter ouvido falar sobre o sexto sentido de cães e gatos. Não estamos falando de cães que latem para o escuro, ficam olhando fixamente para um ponto que não tem nada ou coisas desse tipo. Estamos falando dos sentidos mais desenvolvidos que cães e gatos possuem em relação a nós.

Esses animais possuem uma melhor capacidade auditiva, olfativa e visual, em relação a nós humanos. O mundo é visto por eles de forma diferente e ampliada. Seus sentidos lhe permitem desenvolver relações com o ambiente que são incompreendidas por nós, já que não possuímos os meios necessários para acessar esse tipo de realidade. Dessa forma, existem situações que podem indicar a evidência do sexto sentido nos animais.

Esse tópico pode ser exemplificado especialmente quando o animal já sabe que seu dono está chegando em casa. Alguns cientistas acreditam na teoria de que, alguns animais domésticos criam vínculos tão fortes com os seus donos que podem desenvolver uma conexão extra-sensorial com eles, podendo prever situações. Como essa é uma teoria, também podem existir outros motivos que explicam isso como, por exemplo, a ansiedade para a volta do tutor. Ou ainda, seu olfato desenvolvido sentir o cheiro do seu dono a uma certa distância.

Sentir energias e vibrações no ambiente

Seu animal está demonstrando medo, latindo e apontado para uma direção onde você não está vendo nada? Calma, não é um fantasma. Esse talvez seja o mito mais difundido em relação aos animais de estimação, o que já colocou eles em investigações paranormais e lendas urbanas. Os cães e gatos possuem o sentido auditivo mais desenvolvido e sua visão é preparada para ver a noite. Dessa forma, eles podem reagir a coisas que nós não podemos perceber. Como por exemplo, outro animal andando na rua ou movimentos na casa ao lado. Mas é importante ressaltar que, cada um possui suas crenças e escolhe no que acha ser verdadeiro ou não.

Colaborador(a): Maria Clara Vieira

 

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA OPINIÃO SOBRE ESTA MATÉRIA

 

 

 

 

 


VOLTAR
AO TOPO DA
PÁGINA